sexta-feira, 22 de novembro de 2019

:: Resenha 519 :: “Kiro e Emily”, Abbi Glines


Sinopse: O ano é 1992, e a Slaker Demon é a maior banda do momento. Ganhadores do disco múltiplo de platina, tendo turnês inteiras com ingressos esgotados, liderando as paradas de sucessos e acumulando rios de dinheiro, seus integrantes são a definição perfeita de deuses do rock.

Por isso, não é de estranhar que o bad boy incrivelmente sedutor Kiro Manning, vocalista da banda, tenha todas as mulheres a seus pés. Ou pelo menos era isso que ele pensava até ser rejeitado por Emily, uma jovem linda que apareceu inesperadamente em uma das badaladas festas pós-show.

Emily é diferente. Determinada. Pura. Especial. Ele a deixou escapar quando se conheceram, mas não para de pensar nela desde então. E ao se reencontrarem, Kiro promete não desistir desse sentimento novo que faz com que ele queira ser alguém melhor. Alguém que mereça ser amado.

Nesse livro emocionante, Abbi Glines nos transporta de volta no tempo para apresentar o romance secreto que todos os jornalistas tentaram desvendar em A primeira chance. E, nessa jornada, ela mostra que o amor verdadeiro supera qualquer barreira.


Olá! Na última resenha de Rosemary Beach eu contei pra vocês que desse ano não passava, eu finalmente vou concluir a série. Eu ouvi um aleluia?

"Com um beijo, minha vida mudou. Seguiria um romo diferente agora. Um caminho em que uma mulher era dona do meu coração."

Se você já leu o livro 7 e 8, você conhece a história de Harlow Manning, então você pode continuar por aqui sem problemas, pois vamos conhecer um novo Kiro.

Como todo bom roqueiro gato e sexy como o diabo, Kiro Manning, o vocalista da Slacker Demon, pode ter tudo o que quer, principalmente quando o assunto é mulher. E obviamente todas querem uma provinha desse delícia, inclusive a doce Emily, que se vê na loucura de uma festa regada a muito sexo num pós show da banda, acompanhando sua prima que está doida para provar cada um dos integrantes.

Emily que é uma garota do interior, ingênua e inocente curte a banda, é louca por Kiro, mas tudo aquilo ali é demais para ela. Ela não combina com aquele mundo.

Quando Kiro nota aquela doce menina, ele a deseja na hora e vai atrás do que quer. Infelizmente ele se dá conta que ela é pura demais para ele e seu universo e eles acabam se afastando. Só que a obsessão dele por ela já tomou conta e mesmo distantes ele mantém contato com ela por telefone, até que um dia o ciúmes por ela estar saindo com alguém o faz ter a louca ideia de trazê-la para perto, mais precisamente para sua casa, para trabalhar lá. E certamente, ela vai.

"Você tem uma luz, Emily. É brilhante demais. Aquece tudo a seu redor. Ela me aquece. Antes de você, era tudo sempre vazio e frio."

A partir daí Emily conquista cada vez mais o coração de Kiro, como o nosso também. Ao ver o carinho e o amor de Dean pelo pequeno Rush, ela, ao saber que Kiro também tinha um filho, resolve se aproximar de Mary Ann, fazendo com que Kiro seja presente na vida de Mase. Aaahhh, gente, que gostosura ver Rush e Mase pequenininhos! 

Infelizmente a gente já sabe o destino que foi traçado para essa mulher tão querida, que fez Kiro entrar numa vida destrutiva de drogas e álcool. Que história apaixonante e emocionante. O final obviamente me arrancou algumas lágrimas como já era de se esperar.

"— Amor você, Emily. Sempre vou amar. Nesta vida, na próxima e na outra. Eu sempre vou amar só você."

E fica aqui o meu questionamento: Por que diabos ainda tem que ter um livro da vaca da Nan pra eu ler? 

Título: Kiro e Emily
Série: Rosemary Beach # 9.5
Autora: Abbi Glines
ISBN-13: 9788580416107
ISBN-10: 8580416108
Ano: 2016
Páginas: 117
Editora: Arqueiro
Compre aqui: Amazon
Classificação:

Sobre a autora:


Abbi Glines nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente ela mora com seus três filhos, sua filhinha Emerson e seu novo marido em Fairhope, Alabama. Autora de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, Abbi é viciada no Twitter (@abbiglines) e escreve regularmente no seu blog (www.abbiglines.com).


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário