Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 525 :: "Pulso Forte", Lauren Blakely




Sinopse: Se ficar com o inimigo apenas por uma noite é uma má ideia, imagine se apaixonar depois… 
Rivais no trabalho, Max e Henley precisam colocar as diferenças de lado para desenvolverem juntos o projeto especial de um reality show de reforma de carros. 
Max é dono da melhor oficina da cidade. Bem-sucedido, nada tira seu foco, mas ter de lidar com sua antiga aprendiz novamente o deixa com os nervos à flor da pele. 
Henley, desde que saiu da oficina de Max, tornou-se uma profissional respeitada em um ramo dominado por homens. 
Há uma tensão evidente entre eles. Mágoa, irritação… e Henley ainda espera por um pedido de desculpas de seu ex-chefe por tê-la demitido anos atrás. 
Em meio à disputa por clientes e muita troca de farpas, ambos estão sob estresse máximo… até que começam a descobrir que o que parece ódio talvez tenha outro nome. 




Abram passagem que a nova rainha das comédias românticas está passando: Lauren Blakely eu te venero! Estou exagerada, mas tenho motivos, lá em 2017, quando eu li, e resenhei, Big Rock já avisei que o livro se destacava, mas agora, no 5º livro eu posso falar sem medo: essa série e a Lauren estão no meu top 5 de comédias românticas e todo mundo precisa conhecer esses livros.

Lembram de Pacote Completo e do Chase Summers? Ele tem dois irmãos, Mia, que será a protagonista do próximo e último livro dessa série e o Max, que até apareceu bastante em Pacote porque ele deu alguns conselhos para o irmão quando os dois pedalavam por NY. Estou lembrando isso só para dizer que se o Max é irmão do Chase já sabemos que o cara é um espetáculo! Alto, tatuado, sarado e… avantajado em certas áreas, nunca faltou mulher para o Max e nos negócios tudo vai muito bem também, afinal, se alguém precisa de um carro personalizado é a ele quem procuram, Max é praticamente o rei dos carros personalizados. 

"Ela é muito perigosa, ainda que parte de mim goste de brincar com o fogo.
Essa parte de mim precisa ficar longe de uma mulher como Henley."

Mas se tem alguém que tira ele do sério, esse alguém seria a Henley. Dona de um corpo escultural e uma boca rápida no gatilho para uma resposta irônica, Henley foi aprendiz do Max assim que saiu da faculdade, anos atrás. Ele via muito potencial nela, sabia que a garota tinha um futuro brilhante pela frente, mas depois de um erro que ela cometeu e uma discussão acalorada entre eles, Henley foi demitida da oficina do Max e sumiu de sua vida por anos, mas agora está de volta, trabalhando para o concorrente direto do Max. 

"Isso é um jogo sujo e o meu pau gosta disso. O que ele sabe? Ele é um traidor agora. Principalmente porque parece estar controlando meus olhos, porque não consigo desviá-los dessa garota enquanto ela leva a garrafa aos lábios e toma um gole."

E como desgraça pouca é bobagem, quando o Max recebe uma proposta de trabalho que pode lhe dar nome a nível nacional, fazendo um carro para um programa de TV descobre que a Henley também fi chamada para o mesmo trabalho e os dois não devem competir e sim trabalhar juntos. Coloca nessa mistura muitos sentimentos não resolvidos de anos atrás e muita tensão sexual reprimida e você tem a mistura exata de um livro para devorar em poucos dias. 

"Sexo é como bebida; entorpece o centro de julgamento do seu cérebro. Quebra a sua defesa. Deixa você estúpido."

Eu não me canso dos livros dessa série, e nem vou me cansar em dizer que o ponto de vista masculino fizeram toda a diferença. O enredo não é novidade, mas é simples, gostoso, te envolve e você devora com um sorriso no rosto o tempo todo. Max é dono de ótimas tiradas, Henley não fica atrás e sabe se impor ao Max, aliás, retratar ela como uma mecânica super feminina e bastante consciente que está em um ambiente que, para muitos é masculino, faz maravilhas ao livro. A Lauren soube explorar muito bem essa discussão sobre lugares de trabalhos e o quanto é difícil para Henley lutar constantemente contra esse sexismo e, por ser bem sucedida, ainda ser exemplo para outras mulheres. 

"Quero respeito. Também quero servir de exemplo para as outras mulheres do ramo. Trabalhei duro para ter sucesso como mulher em um ramo machista. (...)
Trabalho feito louca em tudo. Mesmo pequenas coisas, como não xingar. Faço isso porque não quero fazer de conta que sou um dos rapazes. Quero falar com meus colegas de trabalho como uma profissional."

E eu preciso dedicar todo um paragrafo para aplaudir os momentos picantes de Pulso Forte, é para acelerar qualquer pulsação, para derreter qualquer geleira. Se você já leu algum livro da Lauren, sabe que ela tem um dom para fazer momentos quentes serem bem calorosos e não serem forçados e nem em excesso. Algo ruim? Só que a série está acabando, eu mal posso esperar para ler o romance da Mia e do Patrick, mas já estou ficando com saudades de todo o grupo. 

Nome: Pulso Forte 
Série: Big Rock # 5 
Autora: Lauren Blakely 
ISBN-13: 9788595810983 
ISBN-10: 8595810982 
Ano: 2019 
Páginas: 224 
Compre aqui: Amazon
Classificação: 

Sobre a autora:


LAUREN BLAKELY vive na Califórnia com sua família e teve a inspiração para cada uma de suas histórias enquanto passeava com seus cachorros. É reconhecida pelo seu estilo de romance contemporâneo: quente, romântico e divertido. Com catorze best-sellers, seus títulos aparecem no topo das listas do The New York Times e do USA Today e já venderam mais de 1,5 milhão de exemplares.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei