Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 7 :: Primavera de cores, Adriana Brazil

Sinopse: A Primavera chega a Florianópolis e com ela vários acontecimentos que irão marcar para sempre a estação das flores. Um clima de mistério envolve Helen e seu futuro. Um sonho tenebroso encontra seu repouso da noite e trará muito mais que um descortinar de acontecimentos vindouros, mas a revelação do seu próprio destino. Enquanto Helen firma sua esperança nas promessas de um sonho, ela passa a ser perseguida por dramas que acometerão não apenas sua trajetória, como também a das pessoas mais importantes de sua vida. A estação será marcada por suspense, romance e emoção. Uma tocante história com uma lição inesquecível sobre o perdão, a liberdade, o valor das amizades e o poder do amor.

Se já foi difícil fazer uma resenha do segundo livro da série, imagina do terceiro, mas vamos lá. Vou tentar falar sem contar nada de importante, pois sei que é chato ler uma resenha onde tudo o que rola no livro é contado.


Em Primavera de Cores tanta coisa acontece, são tantas emoções, tantas reviravoltas que você não consegue largar o livro e você vê que depois dos dias frios e cinzas do inverno, a primavera chega com sua vida, o desabrochar das flores e suas cores. Um dia, aqueles dias ruins se vão, basta você acreditar e ter fé em Deus. E é exatamente o que acontece na vida de Helen, Andrew, Sarah, Alan, Richard, Evelyn e seus amigos.

Ela me olhou e piscou um dos olhos. Fiz o mesmo, concordando que qualquer sonho pode ser real, não importa seu tamanho. Ele é possível para quem não desiste, para quem acredita que o amor é o caminho.

O livro começa com um sonho ruim de Helen. Ao acordar assustada, ela não entende o que aquilo quer dizer, porém com o desenrolar da história a gente começa a descobrir o que foi aquele sonho. E nossa, vou contar pra vocês, foi uma surpresa pra mim o que aconteceu, eu realmente não esperava aquela reviravolta cheia de emoção e suspense. E foi muito bacana como a Adriana Brazil desenvolveu a história. Ela faz você sentir todas as emoções de Helen, como se fosse você ali passando por tudo. É bem intenso!

É gostoso também, ver o amadurecimento de Helen e seus amigos durante o livro. Claro que, como são jovens ainda, eles tem seus momentos, suas inseguranças e algumas vezes sofrem com atitudes infantis principalmente por conta de ciúmes. Mas fora isso e apesar dos problemas que cada um se depara, esse grupo é tão legal e tão unido, sempre dispostos a lutar por seus amigos, que você deseja viver entre eles, ser amiga deles.

- A liberdade faz parte de uma amizade.

Mais uma vez nós temos partes com o ponto de vista de Andrew e mais, neste livro temos pontos de vista de outros personagens também, como Richard, Sarah, Anna entre outros, o que eu achei bem legal. E lembra que eu comentei sobre as páginas decoradas? Neste eu nem preciso dizer que a cada início de capítulo tem flores lindas da primavera, né? Pois é, digo e repito que eu adoro esses detalhes em um livro.

Eu sei que falei e falei e não disse nada, mas é assim que tem que ser. Eu não tenho que sair contando o livro pra você, eu tenho que te instigar a ler, tenho que te deixar curiosa e espero que eu tenha conseguido. Quero que você leia essa série tão bonita, quero que chegue até esse terceiro livro que é recheado de surpresas e momentos marcantes que mudam a vida dos personagens. Além de uma belíssima história de amizade e amor, também é uma lição de vida.


Mas uma coisa eu vou falar pra vocês, o final é surpreendente, com uma revelação bombástica que me deixou desesperada pelo último livro que saíra ainda este ano. Sabe quando a última frase te deixa de boca aberta, ao ponto de você virar a página e voltar, procurando o restante? É desse jeito!!!

Título: Primavera de cores
Série: Foi assim que te amei #3
ISBN: 9788542802863
Ano: 2014
Páginas: 296
Editora: Novo Século
Compre aqui
Classificação: 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei