Pular para o conteúdo principal

♪ Letra e música ♫ Slammed parte 1


Hoje é domingo, dia mundial da preguiça e de quê? Hein? Hein? Dia de letra e música aqui no blog (Sim, eu sei que ando furando com isso, mas tá valendo, vai.) e hoje eu nem preciso dizer que estou amando montar esse post porque né, eu estou só um pouco, só um pouquinho viciada em The Avett Brothers. **__**

Liderada pelos irmãos Scott (Seu lindo!) e Seth Avett, a banda mistura folk, rock, blues, pop e punk. O grupo existe desde 2000, mas começou a fazer sucesso, nos EUA, em 2009, com o terceiro álbum, I and Love and You. Em 2011, a banda se apresentou no Grammy, ao lado de Mumford and Sons e Bob Dylan. (OMG! Preciso ver isso!)

Mas por que eu estou falando dessa banda? Porque a Colleen Hoover nos apresentou esses caras na trilogia Slammed (Métrica, Pausa e Essa Garota).
Como eu contei pra vocês na resenha de Métrica, a cada capítulo ela colocou uma música, e é impressionante como as músicas casam direitinho com cada momento do livro. Se você ainda não leu, leia ouvindo cada uma delas, faz toda a diferença, vai por mim. ;) 


When nothing is owed or deserved or expected
Quando nada é devido ou merecia ou esperado
And your life doesn't change by the man that's selected
E sua vida não muda pelo homem que é selecionado
If you're loved by someone, you're never rejected
Se você é amado por alguém, você nunca é rejeitado
Decide what to be and go be it
Decida o que ser e simplesmente seja

Amo! Amo essa música!!!


As músicas que costumo ouvir não são tão conhecidas. É raro eu encontrar alguém que já ouviu falar de metade das bandas que gosto. The Avett Brothers é a minha banda favorita. Meu pai e eu costumávamos ficar acordados à noite, cantando algumas das músicas juntos enquanto ele tentava tirar os acordes no violão. Ele os descreveu para mim uma vez, dizendo: "Lake, você sabe que uma banda tem talento de verdade quando suas imperfeições são a definição da perfeição."
Com o passar do tempo, quando comecei a realmente prestar atenção neles, finalmente compreendi o que ele quis dizer. Cordas de banjo quebradas, lapsos momentâneos e passionais de harmonia, vozes que passam de suave a rouca e depois começam a gritar, num único verso. Essas coisas todas acrescentam conteúdo, personalidade e credibilidade à música deles.

Super te entendo, Lake, só eu sei o quanto é difícil encontrar alguém que já ouviu ou goste das mesmas músicas que eu. ó.ò


Não estou em lugar algum
Você poderia fazer com que me sentisse em algum lugar?

(Mudança do Texas pro Michigan.)



Não vou demorar para te
Dizer quem eu sou
Bem, está ouvindo essa voz agora
Bem, é praticamente tudo que sou

(Quando Will diz exatamente quem ele é ao se apresentar no slam.)



Mas só de olhar para você, sei
Que não dá para forçar as coisas
Nossas chances são tão pequenas
Você sabe que a maioria dos amores de juventude termina assim

(Quando não dá certo...)




Não aguento mais esse desejo
E é cruel o quanto ele tomou conta de mim
E cada dia é pior
Do que o anterior




Não paro de dizer a mim mesmo
Que vai ficar tudo bem
Impossível deixar todo mundo contente
O tempo inteiro


Adoooooooro!


O seu coração diz: de novo, não
Em que tipo de confusão você me meteu?
Mas quando tem sentimento
Ele consegue levar você para qualquer lugar


Tão lindinha!!


Você não pode ser como eu
Fique feliz por isso
Eu vejo, mas não sinto a dor
Sou como o velho Homem de lata




Quero ter amigos
que me deixem sozinho
Sozinho quando ficar sozinho
é tudo de que preciso


Amo! Amo! Amooooooooo!


Uma figura de linguagem sutil
Rasgo meu peito bem no meio
Eles aparecem e ficam nos vendo sangrar
Será que isso é arte como eu estava esperando?


*batendo palmas* Não dá pra ficar parada ouvindo essa!


Ela põe as mãos
na vida que tinha.
Vivendo num estado de ignorância,
feliz e triste.
Mas ninguém sabe o que está por trás
Dos últimos dias antes do dia em que morremos.



Bom demais, né? Fala sério! Domingo que vem tem mais.
Beijos! 

Comentários

  1. adorei a musicas,agora sim de 80% subiu para 100% de curiosidade para ler este livro Metrica,que tanto as pessoas falam

    ResponderExcluir
  2. Gostei, mesmo que eu não conhecia nenhum shusjhs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei