Pular para o conteúdo principal

Especial Dia das mães: As melhores mães dos livros!!


Ou você é uma, ou vai ser, e definitivamente tem, ou teve uma, e ela pode ser biológica, de criação, alta, baixa, magra, redondinha, nova, experiente, linda e mais linda ainda, mas todas estão em nossos corações: mães! E no dia delas não pode faltar um especial sobre as mamães! 
Nós perguntamos "Quais as melhores mamães dos livros?" no nosso Instagram e na nossa page e vocês responderam. Escolhemos as 5 mais faladas e aquelas que nós, do VemL também amamos e agora basta saber quais foram as escolhidas! 

Ah! E que tal aproveitar a lista e escolher um desses livros para dar de presente para a sua mãe, afinal, ela merece! 

Grace Trevelyan Grey

Cinquenta Tons de Cinza, E L James




Grace foi talvez a mãe mais citada quando perguntamos, e não é para menos, mama Grey é a dona de um coração enorme, um exemplo de mãe para ninguém por defeito! Grace é uma médica pediatra que tratou do Christian assim que ele chegou no hospital, depois de ser encontrado com o corpo da sua mãe biológica e além dele ela é a mãe adotiva de Elliot e Mia Grey, provando que mãe é quem ama e cuida! 

Mary Sullivan

Série OS Sullivans, Bella Andre



Imagina ser mãe, não de um ou dois, mas de 8, eu disse OITO filhos! Essa é uma tarefa que a nossa segunda mamãe literária conhece bem! Depois de encontrar o amor de sua vida, em Jack Sullivan e ter com ele oito lindos filhos, May fica viúva, mas continua sendo amorosa, determinada e cria de forma espetacular esses Sullivans, afinal, se não fosse pelo que Mary ensinou a esses meninos Sullivans, não os amaríamos tanto! 

Violet Bridgerton

Série os Bridgerton, Julia Quinn



Outra mamãe de livro que foi citada, foi a intrépida Violet Bridgerton. Com oito filhos e ficando viúva cedo, assim como a Mary Sullivan, na hora de dar nomes as crianças Violet foi no minimo criativa, dando a cada filho nomes em ordem alfabética pela ordem da nascimento. Assim Violet foi mãe de Anthony, Benedict, Colin, Daphne, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth! Sem falar que ela é doida para casar seus filhos na idade certa de casar, e defende suas crias e seus pares, com unhas e dentes! 

Diane Maddox

Série Belo Desastre, Jamie McGuire


Se o Travis foi intenso quando encontrou a Abby e com isso ganhou nossos corações, devemos tudo a Mamis Maddox! Falecendo quando seu filho ainda era pequeno, ela disse uma frase que Travis nunca esqueceu, sendo mãe até mesmo quando não estava fisicamente com seus filhos! “Um dia desses você vai se apaixonar, filho. Não se contente apenas com qualquer uma. Escolha aquela garota que não venha fácil, aquela que você tenha que lutar, e nunca parar de lutar.”

Júlia Cohen

Série Slammed, Colleen Hoover



Ficando viúva e tendo dois filhos para cuidar, Julia tem que se mudar para sua cidade natal, e leva com ela seus filhos e isso dá inicio as mudanças que Layken Cohen enfrenta em Métrica. Júlia, é um exemplo, ela entende o momento da filha, respeita e apoia Lake enquanto vê a filha amadurecendo, talvez antes da hora, mas de forma inevitável. 

E ai? Gostaram da nossa seleção das melhores mães dos livros? Eu seu que faltam muitas, mas não teríamos espaço para falar de todas as mães que amamos, entretanto, tem uma em especial que merece tudo no dia de hoje, a sua mãe, então não deixe de dar aquele beijo nela e para as mamães que curtem o nosso blog, parabéns nesse dia especial! Feliz dia das Mães!!!

Comentários

  1. Gostei da sua postagem, ficou show!!! e dei 50 tons de cinza pra minha mãe rs

    http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nunca vi nenhuma postagem com o tema relacionado ''mãe''.
    Achei isso muito bacana, gostei muito do post!
    Abs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei