Pular para o conteúdo principal

[Os personagens mais problemáticos dos livros]

Problemas com drogas, bebidas, abusos, abandono; nós sempre nos deparamos com um personagem problemático, né? 

Nós perguntamos no instagram e no facebook quais eram os personagens mais problemáticos que o pessoal conhecia e eis aqui a relação deles:






Vou até colocar aqui as palavras da Juciara Figueiredo: "Na série Irmandade da Adaga Negra, cada livro é dedicado a um personagem com problemas, e é justamente isso o que me faz amá-la: apesar de serem vampiros, os traumas deles o tornam bastante humanos. Tem problemas pra todo gosto: viciado em álcool, em drogas, vítimas de abuso psicológico, sexual, sensação de culpa é o que não falta..."
E a Juciara está certíssima! A IAN está recheada de personagens problemáticos e é por isso que a gente ama tanto essa série.


Christian Grey, filho de uma prostituta viciada em drogas que se matou quando ele tinha apenas 4 anos. O pequeno ficou 4 dias com o corpo da mãe caído ao chão até descobrirem. Ao ser recolhido pela Dra. Grace, que depois o adotou, Christian ficou um período traumatizado, sem falar absolutamente nada. Na adolescência teve oscilações violentas de humor e arrumou muitas brigas na escola. Até que conheceu Elena, a mulher mais velha que lhe apresentou o BDSM.


Gabriel Emerson, filho de uma alcoólatra e um pai que o rejeitou e tinha outra família, Gabriel foi adotado e teve sérios problemas com bebida e drogas enquanto se formava.


Julgado como louco por seus pais, Remy passou boa parte da infância e da adolescência internado numa clínica psiquiátrica. Só que na verdade ele sofre de transtorno bipolar. Ao sair da clínica, depois de alcançar a maior idade, não querendo mais viver dopado de remédios, ele começou a lutar. Tanto a luta quanto o sexo, apaziguavam o seu estado, impedindo-o de entrar na fase negra e complicada, mas nem isso funcionada às vezes.


Aqui temos dois personagens bem problemáticos, mas um deles, a Nell, não era assim. Algo acontece que a abala muito, deixando-a em sua escura amargura. E temos também Colton, ovelha negra da família, intenso, cheio de conflitos e segredos. Eu só não posso falar mais dos problemas dele porque seria um baita spoiler e esse livro é bom demais pra eu estragar entregando os fatos.


Nastya perde sua identidade, sua voz e  não pode mais fazer aquilo que mais ama. Depois de dois anos e meio, muda de cidade e não deseja revelar para ninguém o que aconteceu com ela. Ela sofreu um ataque e não lembrava o que tinha acontecido com ela aí quando ela lembra, ela não quer contar para ninguém. O plano de Nastya era não deixar ninguém se aproximar, mas ele não dá certo quando conhece Josh. Ele é exatamente como ela: antissocial. Ele também é problemático. Após perder algumas pessoas de sua família, ele não quer se aproximar de ninguém porque todos ao seu redor morrem.


Camryn Bennet é uma menina com muitos problemas, não tem como negar. Perdendo seu primeiro amor em um acidente de trânsito, vendo seus pais se separarem após seu pai trair a mãe e com o irmão sendo preso após provocar a morte de uma pessoa em um acidente de trânsito parecido com aquele que matou seu namorado, Cam cai em depressão e precisa se tratar com remédios. E isso tudo acontece antes mesmo do livro começar, esse é o pano de fundo da Cam, mas para piorar, o namorado de longa data da sua melhor amiga tenta agarrar Cam a força e a amiga fica do lado da namorado. Fala se a Cam não é alguém cheia de problemas? Nem vamos entrar no que acontece no livro dois, mas se existisse um ranking, Cam estaria nas primeiras posições. 


Gideon Cross, o que tem de lindo e gostoso tem de problemático! Sem risco de spoilers, uma vez que essa série é bem conhecida, temos um pai que após dar um golpe milionário em várias famílias poderosas de NY, se suicida. Uma mãe muito mais preocupada com a sua imagem após o escândalo que com o bem estar do filho e que não acredita nele quando ele afirma ter sido molestado, sim, vocês leram certo, molestado por seu terapeuta! A vida não foi fácil para o jovem Gideon e moldou um adulto determinado, dominante e perturbado com pesadelos cada vez mais violentos. 


Della é uma doce jovem, porém atormentada por conta da mãe que sofria distúrbios psicológico e que a tratava como uma prisioneira, sempre dentro de casa. Com isso Della só tinha uma amiga, Branden, que foi a responsável por Della sair em uma viagem pelo mundo, afatando-se daquela vida difícil buscando encontrar a si mesma. Mas não foi fácil, Della tinha surtos e pesadelos horríveis e achava que terminaria igual a mãe. Só que muita coisa muda no segundo livro, então, leiam! 


Lembrou de algum personagem que não está aqui? Conte pra gente quem é e qual o seu problema aí nos comentários. ;) 

Comentários

  1. Geeeeeeeente que babado! kkk'
    Levei um pequeno spoiler de do Sr. Grey. kk'
    Vi somente o filme mas tudo bem kk'

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei