Pular para o conteúdo principal

Semana Especial "Caçadora de Estrelas" - Entrevista com Raiza Varella


Oi, galera!
Hoje é dia de conhecer a mente criativa da responsável por essa história que está encantando tantos leitores. Venham conferir a entrevista que a Raiza Varella nos deu, onde ela conta sobre o processo de escrita de Caçadora de Estrelas, das sensações que sentiu e sobre a criação dos personagens.

Raiza Varella

Como surgiu a ideia para escrever Caçadora de Estrelas?
Uma amiga me contou uma história certo dia. Ela era bem diferente da que eu apresento em Caçadora, mas assim que ela terminou de falar, Eva entrou na minha mente sem um convite arrastando o Gabs pela mão e exigiu que eu escrevesse a história dos dois. Fui ameaçada, e quem conhece a Eva sabe o tamanho do seu poder de persuasão rs.

Se inspirou em alguém conhecido para criar Eva e Gabriel? Se sim, em quem?
Não, em ninguém. Não tenho o hábito de criar meus personagens me baseando em pessoas do meu convívio. Gosto que eles sejam eles mesmos, com suas manias, defeitos e qualidades e não copias de outras pessoas. Para mim eles são reais, existem e devem ser únicos cada um à sua maneira.

Quanto tempo demorou para concluir a história?
Foi o livro que mais demorei para terminar. Quando iniciei o projeto estava grávida de 8 meses e parei por um tempo quando meu filho nasceu. Todo o processo durou cerca de 4 meses. 

Pensou em outras possibilidades de final ou quando começou já sabia como ia terminar?
Nunca existiu outra possibilidade de final. Quando iniciei já sabia como iria terminar e prometi para mim mesma que não mudaria de ideia, que iria até o fim com o que me propus a fazer.

O quanto e o que Eva tem da Raiza?
Muito, eu acho. Eva tem a minha fome, minha tara por hambúrgueres e meu mau humor matinal. Não me acho a pessoa mais egoísta do planeja, mas tenho ciúmes das minhas pessoas, assim como ela.

Qual o trecho de Caçadora mais te emociona e o por quê?
Nossa, são muitos. Os momentos vividos compartilhados na praia, o pedido, o vestido na altura dos joelhos e muitos outros. Mas nenhum se compara aos “sete anos depois do fim”. Fico orgulhosa de ver a pessoa que a Eva se tornou, minha menina cresceu!

Já conhecia a "Lenda da Estrela mais brilhante do céu" que aparece na narrativa ou ela é de sua autoria?
A lenda é de minha autoria.

O que te fez escrever uma história nesse sentido, com esse tema?
Ela despencou nos meus pensamentos desse jeitinho. Eu brinco que não escolho a história que vou escrever ou mesmo como vou conta-la porque nunca tenho voz diante dos meus personagens. Suas histórias chegam prontas para serem escritas e por mais que eu queria mudar isso ou aquilo, são eles quem a conduzem. Os bichinhos têm vida própria rs.

Chorou em algum momento enquanto escrevia?
Não derramei uma lágrima sequer. Mas dois anos depois de ter terminado fiz uma última revisão para prepará-lo para chegar aos leitores e fiquei bem emotiva em algumas cenas, principalmente as que não existiam antes e escrevi de última hora. Então admito que reler essa história e ajustá-la depois de tê-la guardado tanto tempo na gaveta me emocionou bastante.

O que você quis passar para o leitor com a história?
Que devemos sempre viver o hoje e amar as pessoas que são importantes todos os dias.

O que Caçadora de Estrelas significa pra você?
Eu amo cada um dos meus filhos literários, mas Caçadora é a menina dos meus olhos, meu pedacinho de amor em forma de palavras. Tudo e qualquer coisa boa que tenha dentro de mim estão nessas páginas. Sim, ele é meu projeto favorito, assim como Gabs é meu mocinho favorito. Que o Monstro não me escute, ele é bem ciumento! rs

Imaginou que teria a aceitação que está tendo?
Imaginei que os leitores iriam amar ou odiar a história, que não teria meio termo e acho que acabei acertando. Mas não imaginei que tantas pessoas fossem amar e que eu receberia tantos feedbacks positivos em tão pouco tempo. Foi uma grata surpresa e uma felicidade sem tamanho, porque meu amor por essa história é grande demais. Me emociono a cada recadinho, a cada palavra, a cada foto. <3 Gratidão é a palavra.

O tema de Caçadora de Estrelas é pessoal pra você? Você viveu algo parecido?
Sim, eu vivi. Tenho as minhas duas estrelas brilhando por mim todas as noites de céu estrelado e essa história foi a melhor forma que encontrei para homenageá-las.

Vou contar pro Monstro! =P
E aí, gostaram? Espero que sim. 
Logo, logo a resenha de Caçadora de Estrelas pinta aqui pra vocês. ;)
Beijos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei