Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 270 :: "Salva por um Cavaleiro", Stephanie Laurens

Sinopse: Londres, 1829.
Impetuosamente sequestrada do baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo… Após passar 3 dias e 3 noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso. 
Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida… Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino… Mais precisamente… Eliza Cynster!
Apesar de não ser nenhum herói, e sim um especialista em hieróglifos de grande prestígio, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Mas o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços? 
Em “Salva Por Um Cavalheiro”, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.

Lembra lá no começo do mês quando eu postei a resenha de Conquistada por um Cavalheiro, da Stephanie Laurens? Eu comentei lá que recebemos graças a Frini Georgakopoulos e a Harper Collins Brasil e por sorte, recebemos logo os dois livros dessa trilogia (já quero o terceiro!) e se eu já curti muito o primeiro livro desse trio de irmãs, vou só falar que amei o segundo. E por incrível que pareça, mesmo depois de ler tantos romances de época na sequência, não fiquei saturada e curti muito essa leitura, na realidade, eu amei… de novo!
Em Salva por um Cavalheiro, vamos voltar a Londres de 1829 e conhecer Eliza Cynster, a irmã do meio, aquela considerada a mais diferente das três irmãs. Enquanto Heather era a teimosia em forma de mulher, Eliza é mais delicada, doce, não gosta de longas caminhadas, não sabe andar a cavalo e é a primeira a ser chamada quando precisam de alguém para cantar ou tocar harpa! Ou seja, tudo que Heather e Anglica, a irmã caçula, não são, Eliza é! E vamos acrescentar que ela é muito ingênua, só assim, para descrever uma pessoa que cai na armadilha que ela caiu!! Mas existe algo que ela e as irmãs tem em comum, o sonho de encontrar o seu herói destinado, o homem de suas vidas!

Logicamente, elas chegaram à conclusão de que tais heróis, os cavalheiros certos para elas, não seriam encontrados dentro da órbita na qual deveriam circular, então, elas seguindo a mesma lógica, decidiram estender a busca para aqueles lugares onde os membros da sociedade mais ariscos, mas ainda assim adequados e elegíveis, se reuniam.

Com o desfecho feliz do sequestro de Heather, todo o clã Cynster está empenhado em proteger as irmãs mais novas e elas agora só andam com escolta. E mesmo assim, ao receber um bilhete não assinado de alguém dizendo ser o seu héroi, o que a Eliza faz? Desconfia? Avisa aos irmãos mais velhos? Lembra que a irmã foi sequestrada e o aristocrata misterioso ainda está a solta e querendo levar uma das irmãs Cynster para a Escócia? Nãoooooo! Ela vai até uma sala deserta e é sequestrada! 

Por sorte, no meio do caminho do seu sequestro ela acaba passando por um conhecido da família. Jeremy Carling é um estudioso, um erudito mais conhecido por sua habilidade de se perder em livros antigos e ser distraído, mas que acaba percebendo (na real, ele demora a perceber) que a mocinha que lhe grita socorro na estrada é ninguém menos que Eliza Cynster, e cabe a ele ser o seu cavalheiro em armadura brilhante e resgatar a mocinha das garras do aristocrata misterioso, em uma nova fuga pela Escócia!

Ela mesma teria de se salvar.
O pensamento a fez estremecer. Aventuras não eram o seu forte. Deixava essas coisas para Heather, e ainda mais para Angélica; ela, por outro lado, era a irmã mai calma. A irmã do meio. Aquela que tocava piano e harpa como um anjo e que realmente adorava bordar.

Verdade seja dita, é difícil perceber as diferenças entre os dois livros dessa série se a gente olhar só as sinopses. Novamente temos uma irmã Cynster fugindo pela Escócia com o cavalheiro que vai, fatalmente, demonstrar ser o amor da sua vida, o tal herói que elas tanto sonham encontrar. Não se engane, os livros são sim diferentes! Stephanie consegue fazer personagens tão diferentes que mesmo o mote dos livros serem super parecidos, eu não tive a sensação de repetição, na realidade ficou tão diferente, a fuga, o cenário, que eu até achei esse livro melhor que o anterior!

Os lábios de Eliza se firmaram contra os dele lenta e deliberadamente enquanto o beijava.
Intencionalmente.
Ele correspondeu ao beijo.
O tempo parou. Simplesmente.
Jeremy não conseguia ouvir; não conseguia pensar.

E isso é muito mérito da Stephanie. Como eu disse na resenha do outro livro, ela é considerada uma das grandes damas desse gênero e infelizmente, demorou muito para chegar no Brasil e estamos pegando a família Cynster pelo meio. Pelo que andei pesquisando, esse livro é na realidade o 18º livro da série como um todo e o Jeremy é conhecido de outra série dela chamada Bastion Club. Apesar de isso não atrapalhar na leitura, deixa um gosto de quero mais que é impossível de satisfazer, até porque ainda vai levar um tempinho para o livro da Angelica e eu já estou querendo ele para ontem! 

Nome: Salva Por Um Cavalheiro
Série: As Irmãs Cynster – Nova Geração #2
Autora: Stephanie Laurens
ISBN-13: 9788569514688
ISBN-10: 8569514689
Ano: 2017
Páginas: 352
Editora: HarperCollins Brasil
Compre aqui: Amazon Saraiva
Classificação: 

Sobre a autora: 


Stephanie Laurens é autora número 1 do The New York Times. Ela é uma cientista que começou a escrever romances como forma de fugir da rotina estressante que sua profissão impõe. Logo, o hobby se transformou em carreira. Seus romances, que têm como cenário a Inglaterra do período regencial, se tornararam um grande sucesso em todo o mundo.

Comentários

  1. Eu quero ler esse livro :( Eu preciso ler!!!!

    Tô te seguindo amor.

    https://lavimoreira.blogspot.com.br ❤

    ResponderExcluir
  2. Olá Tali!!!
    Amei a resenha!!!
    Quando coloquei na lista, o primeiro livro dessa série, já acrescentei esse... pois já sabia, pela forma q vc falou, q tb série ótimo... Quando souber do próximo, já vou por na lista tb ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei