Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 371 :: "A Primavera Rebelde", Morgan Rhodes





Sinopse: Depois que o rei Gaius de Limeros conquistou as terras de Auranos e subjugou o povo sofrido de Paelsia, passou a dominar toda a Mítica com seu punho de ferro. A rica população de Auranos parece não se importar com o novo governante, desde que seus privilégios sejam mantidos; os paelsianos, como sempre, aceitam seu destino de exploração. Mas a tranquilidade é só aparente: grupos rebeldes começam a surgir nos reinos dominados, questionando as mentiras e os métodos sangrentos do novo rei. Enquanto isso, Gaius obedece à sua mais nova conselheira e dá início à construção de uma estrada passando pelas temidas Montanhas Proibidas. Mas essa via não servirá apenas para interligar os três reinos: ela faz parte de uma busca pela magia elementar, perdida há mil anos, que conferirá ao tirano um poder supremo. O que ninguém esperava era que essa obra desencadearia uma série de eventos catastróficos, que mudarão aquelas terras para sempre e forçarão Cleo, Magnus, Lucia e Jonas a tomar decisões até então inimagináveis.





Cá estou eu de volta e dessa vez para falar do segundo livro: A Primavera Rebelde da série A Queda dos Reinos. E para quem tiver curiosidade em saber do que se trata o primeiro livro, vou deixar a resenha aqui.

Esse livro foi cortesia da nossa parceira, a editora Seguinte, e vou confessar para vocês que estava pensando novamente em como fazer essa resenha, uma vez que falar de continuações é sempre difícil, pois o medo de jogar spoilers é grande, mas mesmo assim vou tentar falar o necessário hahaha.


Bom, para quem não sabe, em A Queda dos Reinos, acompanhamos um novo mundo de fantasia, completo e com reinos divididos, onde existiam amargas rivalidades e uma realeza implacável. Dessa forma, em A Primavera Rebelde vamos dar continuidade nessa história e ver ainda mais o desenvolvendo dos quatro personagens principais. 

Sendo assim, depois que o Rei Gaius de Limeros conquistou as terras prósperas de Auranos, subjugou o povo sofrido de Paelsia e começou a dominar toda a Mítica com mão de ferro, a tal rica população de Auranos não teve muito interesse em questionar o novo governante. Até porque, seus privilégios e a tal vida boa ainda continuavam intactos, então para que mexer no angu já que ele tá encorpando direitinho, né?

Então, mesmo assim, o que acontece é que se para uns o tal angu tá bom, para outros ele tá bem difícil de ser engolido. Assim, a tranquilidade desse povo está por um fio, porque grupos rebeldes estão dispostos a questionar os métodos sangrentos do novo rei e mostrar que tem caroço nesse angu sim!

O pior é que Gaius anda sendo visitado por uma mulher misteriosa em sonhos e aceitando seus "conselhos" e seguindo um caminho, digamos, de eventos catastróficos que mudarão aquelas terras para sempre.

E o que podemos falar dos quatros personagens principais?

Bom, no coração dessa briga, os quatro jovens corajosos lutam da melhor forma possível para conseguir a tal magia elementar, tomando decisões até então inimagináveis, uma vez que, para Cleo, a tal magia permitiria que ela reclamasse seu assento real. Nas mãos de Jonas, a parada seria a liberdade da sua nação e, em Lucia, cumpriria a profecia antiga de seu destino. E caso a magia fosse de Magnus, ele finalmente provaria seu valor aos olhos de seu pai cruel e intrigante, o rei Gaius. Sem contar que Magnus ainda continua obcecado com seus sentimentos pela sua irmã adotiva, Lúcia.

Posso dizer que neste livro o desenvolvimento dos personagens foi bem caprichado. Lucia ainda continua sendo possivelmente a personagem mais importante dessa trama. Cleo cresceu bastante nesse livro, tipo, é tenso falar algo dela sem estragar com spoiler. Já Magnus e Jonas seguem tendo um lugar no meu pobre coração bipolar hahahaha. De forma diferente, claro, até porque ainda não sei qual é a do Magnus, de que lado ele realmente está. Assim, é esperar agora para ler e ver o que acontece no terceiro livro, que por sinal, estou ansiosa para ver como segue a exploração cada vez mais na magia e bem como o desenvolvimento contínuo dos personagens.


Bom, é isso coleguinhas. Recomendadíssimo! Espero realmente que vocês possam dar uma chance de colocar essa série em suas listas. A autora continua mandando bem na forma narrativa fluida e cativante. Ainda continua tendo a total capacidade de relacionar os momentos tensos e intensos sem cansar ou se perder na história. Resumindo, ela consegue um contexto perfeito! O terceiro livro da série se chama  A Ascensão das Trevas e já recebi como cortesia da nossa linda editora Seguinte. *.*


Ah, não. Imagine. Desde que ajudei a tomar o reino de seu pai e destruir sua vida, não consegui me conter e me apaixonei perdidamente por ela. Sim, é óbvio que foi arranjado.


Título: A Primavera Rebelde
Título Original: Rebel Spring
Autora: Morgan Rhodes
Gênero: Fantasia
ISBN-13: 9788565765275
ISBN-10: 856576527X
Ano: 2013
Páginas: 424
Editora: Seguinte
Compre aqui: Amazon
Classificação: 


Sobre a autora:

Morgan Rhodes vive em Ontário, no Canadá. Quando criança, queria ser princesa. Mas não qualquer princesa; queria ser uma daquelas que sabem usar espadas e que salvam seus reinos de dragões furiosos e bruxos maus.
No final, ela se tornou escritora - o que é tão bom quanto ser princesa, e bem menos perigoso. Além de escrever, Morgan gosta de fotografar, viajar, assistir a reality shows, e é leitora voraz de todos os tipos de livro.
@morganrhodesya

Comentários

  1. A continuação parece vir com tudo dando continuidade a uma boa história, movimentada e envolvente. Ainda não tive a chance de começar a ler essa série, mas vi algumas resenhas positivas dela e mesmo ela tendo 6 livros se não me engano (é bastante haha), tenho ficado interessada nela e surgindo a oportunidade vou querer ler sim. Há 4 personagens com grande importância na trama pelo que percebi, o que deve dar agilidade a história e espero que o terceiro que você já tem e logo deve trazer resenha, siga com a qualidade da história e se apresente como muito bom *__*

    ResponderExcluir
  2. Olá Grá!!!
    Adorei a resenha!!! E fiquei curiosa pra conhecer a história!!!
    Não li nada dessa autora e

    ResponderExcluir
  3. Olá Grá!!!
    Adorei a resenha!!! E fiquei curiosa pra conhecer a história!!!
    Não li nada dessa autora e ainda estou engatinhando, no gênero fantasia, pq sair da zona de conforto é difícil kkkkk, mas não impossível ;-) , então sim, vai pra imensa lista!!!
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  4. Oi Grazi, tudo bem?
    Eu gosto bastante de fantasia, mas ainda não li nenhum livro dessa autora. Já ouvi falar dela nos vídeos dos booktubers e estou bem curiosa para conhece-la e conhecer a história.
    Adorei saber um pouco mais, e gostei bastante do nome desse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Aah, estou cada vez mais apaixonada e fascinada por histórias que contenham reinos, reis, rainhas, príncipes, princesas e tudo mais.
    Eu não conhecia essa série, e foi legal conhecer um pouquinho sobre.
    Parece ser muito bem escrito, e i fato de tentar não soltar spoiler me deixou curiosa.
    Ainda mais nesse casal que são irmãos adotivos, interessante isso!
    A capa da sequência está linda!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Como não havia lido a primeira resenha do livro, confesso que fiquei um pouco perdida durante a leitura desta continuação, mas vejo que a trama e muito bem trabalhada, com personagens muito bem desenvolvido, principalmente neste segundo livro, que vemos que tem seu desenvolvimento muito bem elaborado, e uma edição lindíssima. Pela premissa desta estória, acredito que irei gostar da leitura, por isto pretendo sim dar uma chance a obra.

    Venha participar do sorteio de um kit da caixinha da TAG Livros http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ai Grá!
    Tenho que ler esse livro para ontem, adoro esses livros que tem mapa, embora nunca os olhe durante a leitura kkkk

    ResponderExcluir
  8. Oi Grazi.
    Ainda não li o primeiro livro, mas fico bastante feliz em saber que a autora não perdeu a mão nessa continuação. Que os personagens e as tramas continuam incríveis.
    Depois dessa resenha, com certeza irei ler essa série. Você sabe quantos livros serão no total?
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, Graziela.

    Com certeza é preciso que esses rebeldes mostram a verdade sobre o rei para o povo, para que eles enxerguem tudo com clareza.

    Quem será essa conselheira?

    Adorei essa pitada de amor proibido. A série já me ganhou por causa disso!

    ResponderExcluir
  10. A continuação parece mais interessante do que o primeiro livro é bom quando você ver uma série assim porque normalmente ela desanda Mas eu ainda não li essa série eu me lembro de quando a seguinte lançou ela Mas alguma coisa aconteceu que eu perdi o interesse

    ResponderExcluir
  11. O livro tem uma premissa muito boa, gosto de histórias com batalhas entre reinos, e ainda mais que esse novo governante parece ser um tirano. Isso é muito parecido com nosso dia a dia, pois quem é rico, continua rico e com privilégios e os pobres sempre mais pobres, tendo que lutar por algo melhor!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei