Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 463 :: "Palácio de Mentiras", Erin Watt


Antes de começar essa resenha, precisamos conversar algumas coisas importantes que vão acontecer nesse post. De forma geral, eu não me importo com spoiler, e muitas vezes procuro por eles, mas eu sei que a grande maioria das pessoas não gosta e por elas eu nunca solto nenhuma informação desse tipo em resenhas minhas. Porém, quando comecei a organizar a resenha de Palácio de Mentiras, quebrei a cabeça tentando descobrir como fazer a resenha do último livro dessa trilogia sem soltar spoiler, pois quando li a sinopse do livro, vi que lá tem um grande e importante spoiler, de tal forma que, pela primeira vez em mais de 400 resenhas, estou colocando a sinopse no final do texto.

Não sou muito de ler sinopses quando já tenho interesse em ler o livro, geralmente eu faço a leitura dela quando quero descobrir mais sobre o livro, o que não era o caso aqui. Então, eu li o livro e não parei para ver o detalhe até agora, e foi quando eu vi que a sinopse dá um grande e importante spoiler sobre o final do livro 2, Príncipe Partido. E foi quando percebi que tal fato é impossível de não ser citado, pois boa parte do conflito criado nesse livro passa por esse spoiler, e por isso, vou precisar falar dele durante a resenha. Logo essa resenha vai se destinar a dois grupos de pessoas: aquelas que não se importam com spoiler e aquelas que já leram essa trilogia. Se você não leu, está avisado, terá spoiler na resenha, então leia por sua conta e risco.

Quando terminei o Príncipe, fiquei passada com os acontecimentos finais, mas aí, por pura teimosia e por acreditar que mesmo tendo todos os livros, a expectativa é um tempero a mais na minha experiência de leitura, esperei. Peguei outros livros de outros gêneros até ter coragem de pegar a conclusão dessa série que foi feita para mexer com o emocional do leitor. E caso esteja se perguntando o que acontece, acho que já passou da hora da gente tirar o grande elefante rosa da sala: Como essas duas encapetadas dessas autoras me fazem aquele final? Como elas têm coragem de brincar com os nossos sentimentos fazendo o Steve, o pai da Ella, estar vivo e ao mesmo tempo fazem o Reed ser preso por assassinato?! Elas não têm limite quando o assunto é crueldade!

"— Eu sou uma fugitiva, East.
— Não. Você é uma guerreira."

E isso significa que o terceiro livro, e conclusão do romance do Reed e da Ella, é o mais tenso para o casal. Eles estão finalmente juntos e sólidos como um casal, só que, o que prometia um livro bem em clima de lua de mel, incluindo a tão aguardada primeira vez do casal, fica tudo em segundo plano porque alguém morreu (e esse segredo eu vou guardar, mas quem leu o segundo sabe quem é) e o Reed está sendo acusado de ser o assassino e para piorar, entra em cena o pai não tão morto da Ella, que apesar de ser padrinho de todos os meninos Royals e melhor amigo do Calhun está decido a manter Reed e Ella tão separados quanto humanamente possível.

"Todas as garotas da Astor Park morreriam para ter aquelas curvas, aquele cabelo dourado, aqueles traços impecáveis. Ela é pura e total perfeição. E, porra, ela é toda minha."

É uma conclusão digna da série, com muito drama pesado e dramas leves, alguns momentos engraçados para aliviar o clima, a maioria protagonizado por tiradas maravilhosas do Easton, mas não faltam reviravoltas, gritos, barracos, esquemas e estratagemas, e para coroar isso tudo (piadinha intencional) temos uma investigação de assassinato e por mais que o casal tente, Reed vai ficando ao longo do livro cada vez mais sem saída e ele vai precisar e muito da força da Ella para passar por isso. Ao mesmo tempo em que a própria Ella tem que lidar com um pai que não conhece e que é casado com uma mulher que a odeia abertamente e os dois precisam ainda ter forças para enfrentar o dia a dia da Aston, que continua um campo minado cheio de bulling e agressões verbais.

"Nós somos um emaranhado de emoções selvagens e sem esperança, procurando alcançar a paz por meio dos nossos corpos. Por mais que tentemos esquecer, não conseguimos."

A melhor notícia é que o livro não termina com um gancho, mas, mesmo assim, fica aquele desejo enorme de seguir junto dessa família, dessa vez através da história do Easton. Herdeiro Caído já está disponível e o último livro já foi lançado nos EUA, falta só sair por aqui. Depois de uma jornada intensa de três livros, agora, com todos lidos e todos os dramas passados, só posso dizer que essa foi uma viagem daquelas, a série como um todo é um YA raiz, com personagens que amamos odiar, polêmico, controverso e extremamente viciante, que faz a gente se perguntar se tem feitiço nas palavras porque é impossível largar. 

"Ella Harper é tudo que vou ver, porque ela é o meu futuro. Ela é meu aço e meu fogo e minha salvação. Ela é tudo."

Sinopse: 'De inimigos mortais a aliados improváveis, dois adolescentes tentam proteger tudo o que mais importa para eles. Ella Harper foi capaz de superar cada um dos obstáculos que surgiram em seu caminho. Forte e resiliente, ela está disposta a fazer o que for preciso para defender as pessoas que ama. Mas lidar com o retorno do pai desaparecido e com o namorado cuja vida está por um fio pode ser demais para a jovem.
Reed Royal tem um temperamento afiado e punhos ágeis. Mas sua habilidade para resolver problemas com violência já não é mais o bastante. Se ele quiser salvar a si mesmo e a sua garota, ele terá que superar o passado e sua reputação manchada.
Ella precisa ser forte para lidar com os Royal... isso se Reed não destruir sua própria família antes.'

Nome: Palácio de Mentiras
Série: The Royals # 3
Autora: Erin Watt
ISBN-13: 9788542212273
ISBN-10: 8542212274
Ano: 2018
Páginas: 384
Editora: Essência
Compre aqui: Amazon
Classificação: 

Sobre a autora:
Erin Watt é cria de duas autoras campeãs de venda, reunidas pelo amor por grandes livros e pelo vício em escrever. Elas compartilham uma imaginação criativa. Seu maior amor? (Depois das famílias e dos bichos de estimação, claro.) Criar ideias divertidas e, às vezes, malucas. O maior medo? Romper. Você pode fazer contato com elas pela conta de e-mail compartilhada: authorerinwatt@gmail.com.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei