Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 478 :: “No Badalar da Meia-noite”, Tara Sivec


Sinopse: "Era uma vez, Cynthia, a perfeita dona de casa. Entre ser presidente da Comissão de Eventos da Vizinhança e manter a casa sem um fio de cabelo (ou suas pérolas) fora do lugar, sua vida era o sonho que se tornou realidade. O marido fora seu cavaleiro de armadura brilhante, mas agora ele tinha fugido com todo o dinheiro deles... e com a babá.

Vestida como princesa na festa anual de Halloween do bairro em Farytale Lane, ela conhece duas "princesas" que também enfrentam problemas financeiros: Ariel, a dona de uma loja de antiguidades, e Isabelle, uma bibliotecária. Quando as mulheres são convidadas a vestir suas fantasias em uma festa e são confundidas com strippers, Cindy, Ariel e Belle percebem que uma mudança de carreira poderia ser a melhor maneira de fazer seus problemas desaparecerem."

Mas poderia uma recatada Cindy se aproximar de um pole dancing sem seus paninhos de limpeza? E poderia o “anti-príncipe” de olhos azuis que apareceu no caminho de Cindy, ser seu final feliz? 'No Badalar da Meia-Noite' é uma hilária e empoderada história onde princesas podem salvar a si mesmas, abalando em seus stilettos.


J.R Ward e Colleen Hoover, deem um espacinho aí, pois Tara Sivec acabou de ganhar um lugarzinho em meu coração. Quanto a vocês, preparem-se, pois desde que eu li No Badalar da Meia-noite eu só sei vomitar arco-íris por essa mulher!

"- Vamos dar uma grande salva de palmas para Tiffany! A seguir, temos um presentinho especial para vocês. Tenham seus dólares prontos, pessoal. Direto do castelo, procurando pelo seu Príncipe Encantado, vem aí a princesa mais gostosa que vocês terão a chance de conhecer! Façam barulho para Cinderela."

Quando a Anastacia, do Notas Literárias, me falou que eu iria amar a série The Naughty Princess Club, por se tratar de versões divertidíssimas para adultas das clássicas infantis Cinderela, Bela e Ariel, eu já sabia que sim, eu iria adorar só por ter a Bela, que é a minha princesa favorita. Eu só não sabia que iria morrer de amores, que eu iria surtar ao ponto de ter faniquitos de fã e o cacete! Quero que Tara seja minha melhor amiga, quero ler tudo o que essa mulher escreve!! Sentiu o nível?


Em No Badalar da Meia-noite, primeiro livro da série, nós vamos conhecer Cindy, aquela típica americana que é uma dona de casa perfeita, que mora numa vizinhança perfeita, mas toda essa perfeição acaba de um dia para o outro, quando o marido foge com a babá novinha, levando toda a grana da família. Cindy se vê sozinha com a filha adolescente, sem rumo e sem um tostão no bolso.

"- A vida é uma merda. Os homens são uma merda. Nós, mulheres, temos que nos juntar. Você precisa aprender a não se incomodar com o que as pessoas pensam sobre você e decidir o que fazer com a sua vida, e eu quero ajudar você a fazer isso."

É nessa hora que aparecem duas princesonas da porra, para ajudá-la nesse momento tão difícil. Ariel, que aqui de Pequena não tem nada, é um mulherão que não tem filtro algum, fala tudo o que pensa sem dó nem piedade. É aquela personagem que ou você super se identifica, ou você quer que seja sua melhor amiga. E a Belle, que com todo o seu jeitinho doce e inteligente, tem sempre as melhores tiradas e observações.

"- Lidar com um monte de pestinhas por mil paus? Você tem ideia de quantos orais precisaríamos fazer para conseguir esse dinheiro? - Ariel pergunta.
- Em médica, as prostitutas cobram vinte dólares por sexo oral, então precisaríamos fazer cinquenta, por esse preço, para conseguirmos o valor. - Isabelle rapidamente fala mais um fato aleatório.
Eu e Ariel olhamos para ela com uma expressão de surpresa em nossas faces, e as suas bochechas logo ficam vermelhas."

Assim como Cindy, Ariel e Belle também enfrentam os seus próprios problemas, e juntas, elas vão procurar a melhor maneira de conseguir um dinheiro e resolver suas vidas. Quando uma festa infantil pinta, junto com a oportunidade das três irem fantasiadas de princesas Disney em troca de uma grana, o resultado não é o esperado, e é a partir daí que a vida dessas três belas amigas muda radicalmente, pois um novo tipo de negócio acaba de cair no colo delas.

"- Os últimos estudos mostram que pessoas que xingam com frequência têm uma longevidade maior. Xingamentos são expressões de emoções sem filtros, e as pessoas que xingam mais também são as mais sinceras. - Isabelle explica, calmamente, do seu lugar no chão da sala.
- Viu? - Ariel fala, apontando para Isabelle. - É ciência. Você não pode discordar da ciência."

O Clube das Princesas Safadas (The Naughty Princess Club) vem aí para animar festinhas particulares com o melhor e mais diferenciado serviço de strip-tease. O único problema é que nenhuma delas têm experiência, mas por sorte elas conseguem a ajuda de uma stripper profissional que topa dar aulas e dicas para que as três arrebentem no novo empreendimento.

Só que essa stripper aí trabalha no Charming's, o clube de strip de P.J., o aniversariante daquela fatídica festa que elas pensaram ser uma festa infantil. E desde a primeira vez que Cindy o viu, ela não consegue tirar o cara da cabeça. Ele é lindo, misterioso e gostoso demais, mas no momento, a última coisa que ela precisa na vida é de um homem... mesmo ele sendo tããããoooo gostoso! rsrsrs


O lance é que, assim que P.J. tem conhecimento de todos os problemas que Cindy vem passando, ele resolve ajudá-la e aí, minha gente, não tem como dizer não para um homem desse, né? Só resta saber se misturar prazer com negócios é uma boa ideia. Fica aí o questionamento!

"- Você não vai tirar as roupas hoje. Estamos apenas dançando e aprendendo a mover os nossos corpos de acordo com a música. De qualquer maneira, o Charming's não é um clube onde as dançarinas ficam completamente nuas. E suponho que as festas privadas que você estão planejando fazer também não sejam. - Tiffany responde. - O strip-tease é mais sobre a antecipação. Criar a expectativa e fazer a audiência querer mais, até o último segundo. Você não vai entrar no palco, ou em uma sala cheia de gente, e imediatamente tirar as roupas. Você vai dançar, se mover sensualmente, e provocá-los."

É muito gostoso e divertido ver a transformação de Cindy. Ver a mudança daquela dona de casa perfeita e submissa, para uma nova mulher, independente que passa a enxergar a vida com outros olhos, que passa a ver que não há nada que ela não seja capaz de fazer.

No Badalar da Meia-noite é a perfeita comédia romântica, sexy, divertida e deliciosa de ler! A Tara abordou temas séries e importantes com leveza e humor, prendendo o leitor do início ao fim. Dei todos os cupcakes e todas as estrelas possíveis. Favoritei com gosto! E não vejo a hora de ler os livros da Belle e da Ariel! Se pudesse sairia por aí panfletando esse livro, porque quero que todo mundo leia.

Não sou muito de falar sobre a edição em si nas minhas resenhas, falha minha, mas desta vez eu preciso dar parabéns à editora The Gift Box pelo trabalho lindíssimo que fez. A capa ficou linda, a diagramação e todo o conteúdo. Arrasaram! Mais uma vez eu digo, não vejo a hora de ter todos esses livros na minha estante! E se esse livro já é maravilhoso e já faz a gente se apaixonar por Belle e Ariel, fico só imaginando quando chegar os livros de cada uma. MEU. DEUS! Preciso pra ontem!

"- Penso na maneira como eu costumava viver antes da Ariel entrar em minha vida, com o seu linguajar sem filtro e amor pela vida, e Belle chegar na ponta dos pés com os seus fatos aleatórios e sua doce inocência, e isso me deixa triste. Me faz perceber o quão sozinha e insatisfeita eu estava e sei que nunca voltaria a ser aquela pessoa novamente."

"Eu estava tão de boa quanto era possível, mas só porque fiz toas as minhas coisas surtadas quando todo mundo foi embora e passei a noite toda cozinhando para desestressar. A bancada da minha cozinha está cheia de Muffins de Maçã da Ansiedade, Tortinhas de Limão Mas Que Porra Eu Fiz Na Noite Passada e Donuts Eu Nunca Mais Vou Beber de Novo. Recheados de glúten e açúcar."

Título: No Badalar da Meia-Noite
Série: The Naughty Princess Club # 1
Autora: Tara Sivec
ISBN-13: 9788552923503
ISBN-10: 8552923505
Ano: 2019 
Páginas: 328
Editora: The Gift Box
Compre aqui: The Gift Box
Classificação: 


Sobre a autora:


Tara Sivec é uma esposa, mãe, motorista, treinadora de torcida, treinadora de futebol, babá, pequena cozinheira gênio, e caçadora de esquilos albinos. Ela vive em Ohio com seu marido e dois filhos. No seu tempo livre ela gosta de ler, escrever e cobrir coisas com chocolate. A maioria de seu material vem de experiências da vida real com a família e amigos. Sorte para eles, os nomes foram alterados para proteger os inocentes (vulgo, bêbados). Tara também escreve sob o pseudônimo TE Sivec onde ela pode falar sério, sobre suspense e coisas nada engraçadas.

Comentários

  1. Já tá nos desejados e amei a resenha Bia. Quero pra ontem, a história ser divertida e maravilhosa <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei