Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 511 :: “Nos Braços do Roqueiro”, Terri Anne Browning




Sinopse: Sair em turnê com quatro roqueiros parece um sonho. Pelo menos é o que as pessoas me dizem. Para mim, esses quatro roqueiros são a minha família. Cuidam de mim desde meus cinco anos de idade, protegendo-me da minha mãe e de seus episódios de fúria quando estava bêbada e drogada. Mesmo depois de famosos, continuaram cuidando de mim. E quando meu monstro de mãe morreu, eles se tornaram meus guardiões. Há seis anos eu cuido dos quatro homens que são tudo para mim. Tomo conta deles da mesma maneira que sempre cuidaram de mim. Resolvo tudo, até as sujeiras dos bastidores da vida de um roqueiro. Nem sempre é bonito. Às vezes, chega a ser quase repugnante, principalmente quando tenho que me livrar das transas aleatórias. Ugh! E se apaixonar por um roqueiro não é inteligente. Tudo bem, então não sou inteligente. Eu amo os meus garotos, e um deles, meio que tem meu coração em sua, grande e calejada, mão roqueira.





Olá, pessoal. Um dos livros que comprei na Bienal deste ano foi este que trago a resenha hoje para vocês, Nos Braços do Roqueiro, da autora Terri Anne Browning. Um dia eu estava no estande da Bezz com as amigas e ele estava lá tão baratinho que eu peguei pra conhecer.

Aqui nós vamos conhecer a história de Emmie, uma criança que sofre abusos e maus tratos dentro de casa por sua mãe, sendo salva por um grupo de meninos mais velhos que cuidam dela com todo carinho e amor. 

Anos depois, estes meninos agora são grandes astros do rock em turnê e Emmie os acompanha, sendo agora ela a responsável por eles. Ela cuida da alimentação, dos negócios, de seus horários, enfim, de tudo.

"Eles me levaram para longe daqueles estacionamento de trailer destruído em que tínhamos crescido.
Eles compraram um laptop e organizaram para que eu tivesse aulas on-line e pudesse completar minha educação viajando com eles no ônibus da banda.
Meus garotos nunca irão me deixar novamente.
E devo a eles por sempre cuidarem de mim; indo me buscar, ajudando a me recompor, salvando minha sanidade, alimentando, vestindo, amando."

Por anos ela é apaixonada por um deles, o Nik, mas prefere não ter esperanças e tenta sempre não demonstrar o que sente ao ver o envolvimento de todos os caras com as suas fãs. Só que certo dia Emmie começa a apresentar problemas de saúde, trazendo uma descoberta que mudará tudo.

Nos Braços do Roqueiro é um livro super pequenininho. Apesar de ter uma história bem bacana de acompanhar, senti falta de mais desenvolvimento, talvez um pouquinho mais de história até pra apresentar mais dos outros meninos pra gente ficar com aquela vontade louca de ler cada livro deles.

Mas enfim, mesmo sendo um livro curtinho eu curti. Foi a primeira vez que eu li algo da autora e a escrita dela é daquelas bem fáceis e boas de acompanhar. Então, se você gosta de romances com rockstar, leia!

A série The Rocker já conta com mais três livros: O Coração do Roqueiro, O Anjo do Roqueiro e O Roqueiro Que Me Amava

Quem aí já leu ou ficou com vontade de ler?

Título: Nos Braços do Roqueiro
Série: The Rocker # 1
ISBN: B000B5XDXPA
Ano: 2016
Páginas: 148
Editora: Bezz
Compre aqui: Amazon
Classificação:



Sobre a autora:


Apaixonada pela leitura desde que minha tia me deu o meu primeiro romance. Fui ficando entediada por apenas ler. Eu queria controlar os personagens, transformá-los em quem eu queria que eles fossem, assim eu deixaria de me decepcionar com os finais. A ideia era ótima, mas logo percebi que nem sempre é fácil. O bom é que isso faz parte da diversão ao criar uma nova história. Observar que essas pessoas podem enfrentar, em sua jornada para encontrar sua alma gêmea, tornou-se minha nova paixão. Depois foi só começar a incorporar meu amor pela música – o Rock em particular – assim meu sonho tornou-se realidade. Obrigada por me acompanhar nessa viagem louca, e eu mal posso esperar para descobrir quais são os próximos. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 260 :: "Dois Irmãos", Fábio Moon e Gabriel Bá

Sinopse: Um dos livros mais importantes da literatura brasileira contemporânea, Dois irmãos vem, desde seu lançamento há quinze anos, conquistando novas gerações de leitores. E foi com o mesmo entusiasmo desses leitores que Fábio Moon e Gabriel Bá embarcaram na missão de adaptar o romance de Milton Hatoum para uma graphic novel. Os irmãos quadrinistas vêm igualmente arrebatando fãs e trazendo uma legião de leitores às HQs. Suas obras foram publicadas em diversos países, atravessando fronteiras culturais e políticas.  Preservando a força narrativa de Hatoum, esta adaptação evidencia o talento de Bá e Moon na construção de histórias que alternam entre a tragédia, a delicadeza, a brutalidade e o humor. Então..né! Bora começar a resenha... 

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch